Como o uso de tecnologias para gest√£o de horas de trabalho pode ajudar a resolver desafios comuns enfrentados pelas empresas

A gest√£o de horas trabalhadas √© uma atividade fundamental para qualquer empresa, pois permite acompanhar o tempo de trabalho dos funcion√°rios, controlar os custos e garantir o cumprimento das obriga√ß√Ķes legais trabalhistas. No entanto, essa atividade pode ser desafiadora e suscet√≠vel a erros, especialmente quando feita manualmente. Felizmente, o uso de tecnologias para gest√£o de horas pode trazer uma s√©rie de benef√≠cios para as empresas, ajudando a resolver desafios comuns que enfrentamos.

Com uma demanda crescente por efici√™ncia e produtividade, as empresas est√£o constantemente buscando maneiras de otimizar seus processos de gest√£o de pessoal. A gest√£o de horas trabalhadas √© uma atividade crucial nesse sentido, j√° que permite acompanhar o tempo de trabalho dos funcion√°rios, controlar os custos e garantir o cumprimento das obriga√ß√Ķes legais trabalhistas.

No entanto, a gest√£o de horas pode ser uma atividade desafiadora e propensa a erros quando feita manualmente. √Č comum que os gerentes de RH e outros profissionais respons√°veis ‚Äč‚Äčpor essa atividade se deparem com problemas como registros incorretos, omiss√Ķes ou perda de informa√ß√Ķes importantes.

Felizmente, o uso de tecnologias para gest√£o de horas pode ajudar a superar esses desafios. Uma das principais vantagens √© a melhoria na precis√£o do registro de horas trabalhadas. Com sistemas de ponto eletr√īnico ou aplicativos de registro de horas, √© poss√≠vel registrar as horas de entrada e sa√≠da dos funcion√°rios de forma precisa e automatizada, evitando erros de registro e omiss√Ķes que podem levar a problemas como perda de horas trabalhadas ou pagamento insuficiente de hor√°rios .

Além disso, essas tecnologias podem ser integradas a sistemas de folha de pagamento, permitindo que os exames de exames sejam feitos de forma automática e precisa. Isso reduz o tempo gasto pelos gestores de RH e outros profissionais envolvidos na gestão de horas, permitindo que eles se concentrem em outras atividades mais estratégicas para o negócio.

Outra vantagem do uso de tecnologias para gestão de horas é a facilidade de conformidade com a legislação trabalhista. A gestão de horas trabalhadas é uma obrigação legal das empresas, e o não cumprimento das regras pode levar a multas e processos trabalhistas. Com o uso de tecnologias de gestão de horas, as empresas podem garantir que estejam em conformidade com as leis trabalhistas, registrando as horas trabalhadas de forma precisa e garantindo que os pagamentos sejam feitos corretamente.

O uso de tecnologias de gest√£o de horas pode aumentar a transpar√™ncia e a confian√ßa entre os funcion√°rios e a empresa. Com o acesso √†s informa√ß√Ķes sobre suas pr√≥prias horas trabalhadas, os funcion√°rios podem verificar se est√£o sendo pagos corretamente e se suas horas est√£o sendo registradas de forma precisa. Isso pode aumentar a satisfa√ß√£o dos funcion√°rios e a confian√ßa na empresa, efetivamente o clima organizacional.

Em resumo, o uso de tecnologias para gest√£o de horas trabalhadas pode trazer uma s√©rie de benef√≠cios para as empresas, ajudando a resolver desafios comuns que enfrentamos. Com precis√£o no registro de horas, redu√ß√£o do tempo gasto na gest√£o de horas, facilita√ß√£o da conformidade com a legisla√ß√£o trabalhista e aumento da transpar√™ncia e da confian√ßa entre os funcion√°rios, pois as empresas podem melhorar sua efici√™ncia e produtividade, al√©m de garantir o cumprimento de suas obriga√ß√Ķes legais.

Melhorar a precis√£o do registro de horas trabalhadas

O uso de tecnologias como sistemas de ponto eletr√īnico ou aplicativos de registro de horas permite uma precis√£o muito maior na hora de registrar a entrada e sa√≠da dos funcion√°rios. Isso ajuda a evitar erros de registro, omiss√Ķes ou registros incorretos que podem levar a problemas como a perda de horas trabalhadas ou o pagamento de retornos incorretos. Al√©m disso, essas tecnologias podem ser integradas a sistemas de folha de pagamento, permitindo que os exames de exames sejam feitos de forma autom√°tica e precisa.

Reduzir o tempo gasto na gest√£o de horas trabalhadas

Com o uso de tecnologias de gest√£o de horas, as empresas podem automatizar grande parte do processo de registro e acompanhamento das horas trabalhadas. Isso reduz o tempo gasto pelos gestores de RH e outros profissionais envolvidos na gest√£o de horas, permitindo que eles se concentrem em outras atividades mais estrat√©gicas para o neg√≥cio. Al√©m disso, com as informa√ß√Ķes dispon√≠veis em tempo real, √© poss√≠vel tomar decis√Ķes mais rapidamente e com maior precis√£o.

Facilitar a conformidade com a legislação trabalhista

A gestão de horas trabalhadas é uma obrigação legal das empresas, e o não cumprimento das regras pode levar a multas e processos trabalhistas. Com o uso de tecnologias de gestão de horas, as empresas podem garantir que estejam em conformidade com as leis trabalhistas, registrando as horas trabalhadas de forma precisa e garantindo que os pagamentos sejam feitos corretamente.

Aumentar a transparência e a confiança entre os funcionários

O uso de tecnologias de gest√£o de horas pode ajudar a aumentar a transpar√™ncia e a confian√ßa entre os funcion√°rios e a empresa. Com o acesso √†s informa√ß√Ķes sobre suas pr√≥prias horas trabalhadas, os funcion√°rios podem verificar se est√£o sendo pagos corretamente e se suas horas est√£o sendo registradas de forma precisa. Isso pode aumentar a satisfa√ß√£o dos funcion√°rios e a confian√ßa na empresa, efetivamente o clima organizacional.

Conclus√£o

Diante dos desafios enfrentados pelas empresas em rela√ß√£o √† gest√£o de horas trabalhadas, a ado√ß√£o de tecnologias pode ser uma solu√ß√£o eficiente e vantajosa. A precis√£o no registro de horas, a redu√ß√£o de erros e omiss√Ķes, a conformidade com a legisla√ß√£o trabalhista e a transpar√™ncia com os funcion√°rios s√£o alguns dos benef√≠cios que as empresas podem obter ao utilizar essas ferramentas.

Além disso, ao adotar tecnologias de gestão de horas, as empresas podem melhorar sua eficiência e produtividade, liberando tempo para os gestores e profissionais envolvidos em outras atividades mais estratégicas. A gestão de horas pode parecer uma atividade simples, mas pode se tornar complexa e custosa quando realizada manualmente.

Por fim, √© importante ressaltar que a tecnologia n√£o deve ser vista como uma solu√ß√£o fundamentada para todos os problemas relacionados √† gest√£o de horas. √Č necess√°rio que haja um processo de implementa√ß√£o adequado, al√©m de treinamento e suporte aos usu√°rios para garantir a evolu√ß√£o da ferramenta. Quando usadas corretamente, as tecnologias de gest√£o de horas podem ajudar as empresas a obterem maior efici√™ncia, produtividade e conformidade legal, o que pode contribuir significativamente para o sucesso do neg√≥cio.

Para saber um pouco mais sobre o ponto digital Easydots, clique no bot√£o abaixo!

Como a tecnologia está revolucionando o recrutamento e seleção de candidatos

A tecnologia é um dos principais fatores para que o mundo sempre esteja em constante evolução. E por esse fator, a evolução do setor de recrutamento de seleção de candidatos não fica de fora. A tecnologia vem mudando rapidamente a forma como as empresas estão procurando e contratando novos colaboradores.

O mercado de RH enfrenta muitas mudanças estruturais por conta de toda essa evolução e isso reflete o tempo todo no dia a dia dos profissionais responsáveis pela seleção de novos funcionários. Hoje existem até alguns aplicativos para facilitar esse recrutamento.

Algumas ferramentas que utilizam algoritmos, inteligência artificial, vídeos e redes sociais estão causando uma revolução nesse processo, possibilitando que o processo fique totalmente digital e gratuito para ambas as partes, headhunters e candidatos.

Para que você entenda melhor sobre esse mundo tecnológico, separamos por tópicos para facilitar a leitura:

  • Automatiza√ß√£o de Processos
  • Acesso a uma Ampla Gama de Candidatos
  • An√°lise de dados
  • Feedback em Tempo Real
  • Softwares de RH: 14 aplicativos para a gest√£o de pessoas e recrutamento
  • Conclus√£o

AUTOMATIZAÇÃO DE PROCESSOS

Processos repetitivos, como o envio de e-mails de confirmação e agendamento de entrevistas, podem ser automatizados, o que economiza tempo e aumenta a eficiência.

A tecnologia está ajudando a automatizar muitos dos processos de recrutamento, como triagem de currículos, marcação de entrevistas e gerenciamento de feedback. Isso significa que as empresas podem fazer mais em menos tempo e com menos recursos. Além disso, a automatização de processos também ajuda a garantir que não haja erros humanos e que todos os candidatos sejam tratados de maneira justa e equitativa.

ACESSO A UMA AMPLA GAMA DE CANDIDATOS

Antes, as empresas tinham que depender de ag√™ncias de recrutamento ou de um n√ļmero limitado de meios de comunica√ß√£o para encontrar novos candidatos. Agora, as plataformas de recrutamento online permitem que as empresas tenham acesso a uma ampla gama de candidatos de todo o mundo. Isso significa que as empresas podem encontrar o candidato certo para o trabalho, independentemente de onde ele ou ela possa estar.

Com a tecnologia, as empresas agora podem encontrar o candidato certo para o trabalho, independentemente de onde ele esteja localizado, e fazer isso de forma rápida e eficiente. O acesso a uma ampla gama de candidatos pode levar a uma equipe mais diversificada e inovadora, e ajudar as empresas a atingir seus objetivos de negócios.

AN√ĀLISE DE DADOS

Ferramentas de an√°lise de dados e intelig√™ncia artificial podem ser usadas para avaliar candidatos, prever no trabalho e identificar tend√™ncias e padr√Ķes no processo de recrutamento.

A tecnologia está permitindo que as empresas analisem grandes quantidades de dados para encontrar o candidato certo para o trabalho. Por exemplo, as empresas podem analisar dados demográficos, histórico de trabalho e habilidades técnicas para encontrar os candidatos mais preparados para uma determinada posição.

Além disso, as empresas também podem usar a tecnologia para avaliar as respostas dos candidatos em entrevistas virtuais e outros testes, o que pode ajudar a garantir que o candidato seja o mais adequado para o trabalho.

FEEDBACK EM TEMPO REAL

O feedback é uma parte crucial do processo de recrutamento e seleção, pois permite que os candidatos saibam onde estão e que precisam fazer para melhorar suas habilidades. No entanto, o feedback tradicionalmente tem sido lento e impreciso, o que pode ser frustrante para os candidatos e prejudicar o processo de recrutamento.

Mas a tecnologia mudou tudo isso com o feedback em tempo real, agora as empresas podem fornecer aos candidatos informa√ß√Ķes precisas e instant√Ęneas sobre seu desempenho. Isso n√£o apenas ajuda os candidatos a estarem mais bem preparados para o pr√≥ximo passo do processo, como tamb√©m pode aumentar a transpar√™ncia e a confian√ßa no processo de recrutamento.

Além disso, o feedback em tempo real também permite que as empresas monitorem o desempenho dos candidatos ao longo do processo de seleção. Isso significa que as empresas podem identificar rapidamente quais candidatos precisam de mais treinamento ou apoio, e oferecer essa ajuda de maneira eficiente e eficaz.

SOFTWARES DE RH: 14 APLICATIVOS PARA GESTÃO DE PESSOAS E RECRUTAMENTOS

Hoje em dia já existem até aplicativos que vão ajudar, e muito, no processo de seleção da sua empresa. Esses apps estão cada vez mais se popularizando no mercado. Cada um deles têm uma maneira de conseguir otimizar e facilitar esse processo.

  1. Gupy ‚ÄĒ Recrutamento e Sele√ß√£o e Admiss√£o
  2. Runrun.it ‚ÄĒ gest√£o de desempenho
  3. Avalia√ß√£o ‚ÄĒ gest√£o de desempenho
  4. Qulture.Rocks ‚ÄĒ gest√£o de desempenho
  5. Easydots ‚ÄĒ gest√£o de ponto e otimiza√ß√£o dos processos do Departamento Pessoal
  6. RH1000 ‚ÄĒ desenvolvimento profissional
  7. Hondana INDICA ‚ÄĒ desenvolvimento profissional
  8. Felizz ‚ÄĒ an√°lise de engajamento
  9. HCM Senior ‚ÄĒ ERP para folha de pagamento
  10. Bitrix24 ‚ÄĒ comunica√ß√£o interna
  11. SocialBase ‚ÄĒ comunica√ß√£o interna
  12. Wrike ‚ÄĒ gerenciamento de projetos
  13. Trello ‚ÄĒ gerenciamento de projetos
  14. Dropbox ‚ÄĒ armazenamento de arquivos

CONCLUSÃO

Em resumo, a tecnologia está tornando o processo de recrutamento e seleção mais eficiente, acessível e justo, permitindo aos recrutadores encontrar e contratar os melhores candidatos para seus negócios.

Al√©m disso, a tecnologia permite avaliar curr√≠culos, entrevistas e posi√ß√Ķes de forma mais r√°pida e eficiente, o que pode levar a uma equipe mais diversificada e inovadora.

Para ter em sua empresa um app que te ajude com o controle de ponto e a otimize os processos do Departamento Pessoal, clique no bot√£o abaixo e entre em contato com um de nossos consultores.

.

O colaborador pode usar o celular pessoal para fazer serviços da empresa?

Até o momento, não existe lei específica no Brasil que regule o uso do celular particular à serviço da empresa. Não há nada escrito na lei que fale se o colaborador pode ou não usar o aparelho celular pessoal para realizar serviços para a empresa onde trabalha. O ideal é que empregado e empregador estejam de comum acordo sobre a questão. Mas existem entendimentos dos juízes sobre o tema.

De acordo com o Di√°rio Oficial da Uni√£o e com o Princ√≠pio da Legalidade, sendo este um princ√≠pio individual e cl√°usula p√©trea impl√≠cita no art. 5¬ļ, inciso II de nossa Constitui√ß√£o Federal/1988, determina-se que ‚Äúningu√©m ser√° obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa sen√£o em virtude de lei‚ÄĚ.

A portaria 671 publicada em 8 de novembro de 2021 veio para regulamentar algumas rela√ß√Ķes do trabalho e tem o intuito de melhorar e modernizar algumas normas sobre o controle de ponto.

Dentre os artigos existem muitos t√≥picos que merecem a devida import√Ęncia por parte dos gestores pois existem muitas informa√ß√Ķes sobre a melhoria do controle de ponto. O mais bacana da norma √© que a decis√£o de qual ser√° o melhor registro para a empresa √© por acordo coletivo de trabalho ou conven√ß√£o.

Nesse texto vamos te mostrar o que mudou e quais são as regras para você ficar ligado e atribuir na sua empresa!

A portaria 671 regulamenta que os REPS estão totalmente permitidos e continuam sendo uma ótima forma de registrar o ponto. Foi definido três estilos de registro de ponto: REP-C, REP-A e REP-P.

REP-C

√Č o sistema de registro eletr√īnico de ponto convencional: composto pelo registrador eletr√īnico de ponto convencional ‚Äď REP-C e pelo Programa de Tratamento de Registro de Ponto.

REP-A

O REP-A é o conjunto de equipamentos e programas de computador que tem sua utilização destinada ao registro da jornada de trabalho, autorizado por convenção ou acordo coletivo de trabalho.

REP-P

O REP-P √© o Registrador Eletr√īnico de Ponto por Programa, ou seja, √© realizado por meio de softwares. √Č necess√°rio emitir o arquivo de fonte de dados (AFD) e o comprovante de registro de ponto em PDF podendo ser de forma eletr√īnica ou impressa. √Č uma √≥tima forma de registro e torna os dados bem seguros.

CONCLUSÃO

Podemos concluir ent√£o que essas normas vieram para modernizar e ajudar todos a terem um registro de ponto seguro e eficaz. Assim sendo, a empresa n√£o pode obrigar o empregado a usar o seu patrim√īnio em prol dos servi√ßos dela pr√≥pria.

Tech Recruiter: o que ele faz e como se tornar um?

Algo que já tem se tornado muito comum nas empresas é a ideia de fazer um processo mais especializado na hora de realizar um recrutamento, porém, o uso do Tech Recruiter ainda é novo.

O processo de recrutamento e seleção de profissionais especializados em tecnologia precisa ser feito de forma diferenciada. Afinal, a empresa quer recrutar um profissional extremamente técnico e que tenha um fit cultural com a vaga. Focando uma área dos Recursos Humanos feita apenas para funcionários de TI, este tipo de recrutador tem que entender de tecnologia para achar talentos nessa área.

O ideal para esse tipo de profissão é a atração de candidatos para vagas e realização de processos seletivos, buscando sempre usar os conhecimentos de tecnologia para encontra o profissional mais qualificado.

Separamos em alguns t√≥picos que ir√£o ajudar voc√™ a entender melhor o que √© um Tech Recruiter e quais suas fun√ß√Ķes.

  • O que √©?
  • O que faz?
  • Como se tornar um Tech Recruiter?
  • Principais desafios
  • Conclus√£o

 

O QUE √Č?

O Tech Recruiter é um profissional que realiza recrutamento e processos seletivos para a contratação dentro da área de tecnologia, com foco em TI, que é uma área que está em alta nas empresas, em consequência do avanço tecnológico mundial.

Esse profissional tem o conhecimento necessário de RH para encaminhar processos seletivos, ele também sabe o suficiente de tecnologia para julgar a qualidade dos candidatos, mas nem sempre é um especialista. O conhecimento de TI deste recrutador, em geral, se engloba em conhecer linguagens de programação, carreiras na área e onde achar os melhores profissionais.

O QUE FAZ?

A função rotineira de um Tech Recruiter é liga ao que já se sabe de quem faz gestão de seleção de candidatos para vagas de tecnologia. Ele precisa fazer a triagem de currículos, entrevistar, e conhecer em geral os participantes na hora de ver quem será o ideal para contratação.

O conhecimento tecnológico dele serve para tentar melhorar o processo, buscando estratégias que otimizem a busca. O recrutador precisa ficar sempre ciente com os avanços tecnológicos e precisa também saber como incorporá-los em seu trabalho.

COMO SE TORNAR UM TECH RECRUITER?

Ficou interessado nessa fun√ß√£o? Agora que mostramos para voc√™ o que √© um Tech Recruiter e quais s√£o suas fun√ß√Ķes, mostraremos tudo o que precisa saber para atuar nessa √°rea.

O primeiro de tudo √© pensar em se especializar em RH (Recursos Humanos), j√° que √© uma posi√ß√£o de recrutamento. H√° v√°rios cursos que podem te ajudar com isso, existem at√© p√≥s-gradua√ß√Ķes em recrutamento t√©cnico quem podem ser um diferencial no mercado.

Outro ponto interessante é a busca de programas de formação de TRs. Na internet existem vários que podem te ajudar com esse conhecimento.

Você precisa também estar sem ligado na área de tecnologia, como ela sempre muda, você precisa estar sempre atento com as mudanças, sempre estudando para conhecê-la melhor. Busque o que há de novo e amplie os conhecimentos em TI.

Saindo da parte de tecnologia, voc√™ precisa saber tamb√©m como lidar com pessoas, por esse motivo, pratique suas soft skills sociais. Saiba controlar as emo√ß√Ķes, conversar com pessoas de maneira que estimule elas, entenda como colaborar e escutar. Essas s√£o habilidades √≥timas, que podem te ajudar muito.

PRINCIPAIS DESAFIOS

A busca por bons candidatos é um desafio que não vem de hoje, há muito tempo é difícil encontrar bons profissionais que se encaixem de maneira perfeita em sua empresa, muitas vezes não dá para achar a pessoa ideal.

Além do conhecimento técnico, é necessário buscar pessoas que tenham noção comportamental de como deve agir no ambiente de um negócio, e ao levar isso em consideração, é complicado achar alguém que bate com tudo que é necessário.

Essa avaliação das diferentes capacidades dos participantes do processo seletivo é um grande estresse na vida do recrutador, e especialmente na do recrutador técnico.

CONCLUSÃO

O Tech Recruiter é um tipo de profissional essencial para um negócio ao pensarmos no quão grande é a participação da tecnologia no meio profissional.

Juntando o conhecimento de RH e TI, pode-se encontrar um colaborador que bate com os ideais do negócio e tem o conhecimento necessário para o trabalho que lhe for exigido.

Para saber mais sobre o sistema de ponto digital do Easydots, clique no link abaixo:

Voc√™ sabe as diferen√ßas e como funcionam “Banco de Horas” e “Horas Extras”?

Você sabe a diferença entre banco de horas e horas extras? Entende quais são os direitos dos colaboradores perante essas duas maneiras de contabilizar as horas trabalhadas? Vem com a gente que vamos te mostrar tudo o que precisa saber!

Apesar de serem dois termos muito comuns para os trabalhadores, esses temas ainda geram d√ļvidas tanto para os colaboradores quanto para os gestores.

O mais comum para o funcionário que fica além da jornada de trabalho é realizar o que chamamos de horas extras, que precisam ser recompensadas pelo empregador. Além de ser recompensado em dinheiro por esse período a mais trabalhado, é possível fazer um banco de horas, onde o colaborador pode trocar por folgas ou redução de jornada.

Nos dois modelos h√° vantagens e desvantagens, mas vem com a gente que vamos te mostrar.

Para ficar mais fácil a leitura, confira os tópicos que vamos explorar:

  • O que √© hora extra e banco de horas?
  • Como funciona o pagamento de hora extra?
  • O que a lei diz sobre horas extras e banco de horas?
  • Qual dos dois √© mais vantajoso?
  • Como controlar as horas excedentes dos colaboradores?
  • Conclus√£o

HORA EXTRA

Como foi abordado no início do texto, toda hora excedente trabalhada além da jornada de trabalho habitual e descrita por meio de contrato de trabalho é uma hora extra.

Segundo a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), é previsto que a jornada de trabalho não pode ultrapassar 8 horas por dia ou 44 horas semanais. Qualquer minuto ou horas que ultrapassem esse limite é considerada hora extra.

De acordo com o Art. 59 da CLT43, a jornada excedente pode ser de até no máximo 2 horas por dia, mediante acordo coletivo de trabalho ou contrato.

BANCO DE HORAS

O banco de horas funciona atrav√©s do ac√ļmulo e compensa√ß√£o das horas extras dos colaboradores, ou seja, ele funciona de forma semelhante a uma conta banc√°ria, s√≥ que ao inv√©s de dinheiro, acumulam-se horas de trabalho.

Na medida em que os funcion√°rios fazem horas extras, elas v√£o acumulando no banco, e sempre que essas horas forem compensadas, s√£o descontadas do saldo do colaborador.

Só que também acontece ao contrário, por exemplo, caso o colaborador não possua um saldo de horas e sai antes do término do expediente, essas horas acumulam negativamente, e o funcionário deve trabalhar a mais para conseguir compensá-las.

O banco de horas parece ser muito simples, mas é necessário ficar atento e observar algumas regras exigidas pelas leis trabalhistas para que sua empresa possa adotá-lo de forma correta.

COMO FUNCIONA O PAGAMENTO DE HORA EXTRA?

A obrigatoriedade da remuneração do serviço extraordinário é superior ao valor normal trabalhada, de acordo com a CLT. A Constituição Federal determina o mínimo do pagamento em 50%.

O Art. 7 da CF, inciso XVI, obriga o pagamento de no mínimo 50% superior à hora normal, ou seja, o pagamento da hora extra será o valor da hora normal + 50% desse valor.

No entanto, a hora extra do feriado e do final de semana, s√°bado e domingo, vale o dobro, ou seja, 100% da hora normal de trabalho.

O QUE A LEI DIZ SOBRE HORAS EXTRAS E BANCO DE HORAS?

Tanto o pagamento de horas extras quanto a criação de banco de horas são práticas permitidas pela legislação trabalhista. Mas as empresas e os colaboradores precisam seguir algumas regras previstas na CLT para que não tenha exageros ou prejuízos para os dois lados.

Qualquer período excedente ao anterior, será calculado como hora extra, como determina o artigo abaixo:

Art. 59 – ‚ÄúA dura√ß√£o di√°ria do trabalho poder√° ser acrescida de horas extras, em n√ļmero n√£o excedente de duas, por acordo individual, conven√ß√£o coletiva ou acordo coletivo de trabalho.‚ÄĚ

‚Äú¬ß 2o Poder√° ser dispensado o acr√©scimo de sal√°rio se, por for√ßa de acordo ou conven√ß√£o coletiva de trabalho, o excesso de horas em um dia for compensado pela correspondente diminui√ß√£o em outro dia, de maneira que n√£o exceda, no per√≠odo m√°ximo de um ano, √† soma das jornadas semanais de trabalho previstas, nem seja ultrapassado o limite m√°ximo de dez horas di√°rias.‚ÄĚ

J√° para o banco de horas h√° algumas determina√ß√Ķes para que fique tudo de acordo com a lei. S√£o elas:

  1. Compensação do banco de horas em até um ano, no caso de acordos de convenção coletiva;
  2. Compensação em até seis meses nos acordos individuais;
  3. Possibilidade de validade de um mês em acordos específicos entre trabalhador e empresa.

Outro ponto importante sobre o banco de horas é, se o contrato de trabalho se encerrar antes da compensação completa do banco, a empresa deve pagar as horas adicionais e o cálculo da hora extra deve seguir o valor da remuneração no momento da rescisão.

VANTAGENS E DESVANTAGENS

Vantagens Hora Extra

Se for utilizada de maneira correta e sem excesso, a hora extra pode ser benéfica para a empresa e para o colaborador.

Sem d√ļvidas o principal benef√≠cio para o trabalhador √© o acr√©scimo de valores no sal√°rio. Respeitando as duas horas di√°rias para n√£o prejudicar a sa√ļde f√≠sica e mental do colaborador.

Já a principal vantagem para o empregador é a motivação dos colaboradores. Mas como assim? Profissionais melhores remunerados tendem a se dedicar mais à rotina de trabalho e, consequentemente, apresentar melhores resultados.

A hora extra também permite que a empresa conte com o colaborador em horários excedentes, sem precisar dispensá-lo em outro dia.

Desvantagens Hora Extra

Se não for utilizada de maneira correta, e não tiver a forma adequada para a gestão do controle de ponto, a hora extra pode prejudicar o negócio.

O excesso de horas extras podem aumentar expressivamente os custos para a empresa. Pois os colaboradores ter√£o um sal√°rio maior do que foi proposto para eles.

Vantagens Banco de Horas

Se a empresa escolher o banco de horas, as vantagens estão relacionada ao custo e à flexibilização da jornada de trabalho.

Mas o principal benefício do banco de horas é que a empresa não terá custos extras para remunerar o quadro de funcionários. Ficando mais fácil organizar as finanças da empresa, sem correr o risco de prejudicar o fluxo do caixa do negócio.

Já as vantagens para os colaboradores são as possibilidades de tirar folgas quando precisarem. Não sobrecarregando o físico e os mental dos trabalhadores, dando tempo para descansar.

Desvantagens Banco de Horas

A falta de controle do banco de horas pode trazer problemas para a empresa e os colaboradores.

Caso o colaborador faça muitas horas extras, gerará um excesso de folgas, fazendo com que a empresa fique desfalcada por mais tempo.

J√° para os trabalhadores, as horas negativas far√£o com que ele tenha que ficar mais na empresa para conseguir pagar essas horas. N√£o conseguindo folgar ou sair mais cedo quando realmente precisar.

COMO CONTROLAR AS HORAS EXCEDENTES DOS COLABORADORES?

Para evitar os problemas de controle de horas excedentes, é necessário fazer um controle rigoroso das horas extras na jornada de trabalho.

Seja por planilha de Excel, onde tudo ser√° registrado de maneira manual. Neste m√©todo, o profissional de RH fica respons√°vel por preencher as informa√ß√Ķes de todos os colaboradores que tem dentro da empresa, coletando todos os dados do controle de ponto.

Mas j√° existe uma forma mais moderna de controlar o banco de horas, o sistema digitais de ponto e banco de horas, onde todas as informa√ß√Ķes s√£o coletadas e ficam salvas no sistema, economizando o tempo do profissional de RH.

CONCLUSÃO

A hora extra e o banco de horas estão dentro da lei e estão previstos na legislação trabalhistas, para empresas e trabalhadores brasileiros. Os funcionários que fizerem horas a mais do que está previsto dentro da jornada de trabalho terá o direito das horas extras ou banco de horas, claro que isso já deve ser combinado no momento em que é contratado, para que não tenha problemas futuros.

A maneira mais fácil para controlar a carga horária dos funcionários é o sistema de ponto digital do Easydots, onde você terá o controle de todas as horas, tanto as que estão sobrando quanto as que estão faltando para o colaborador. Dessa maneira fica muito mais fácil e prático contabilizar tudo isso, sem se preocupar.

Quer saber sobre o Easydots? Clique no bot√£o abaixo:

Feriados em 2023: quais os direitos dos colaboradores em feriados?

Você sabe o que é um ponto facultativo? Sabe também quais são os direitos que os colaboradores têm nos feriados? Todo final de ano as pessoas já querem saber as datas dos feriados no ano seguinte para ter aquela folga no trabalho e começar o planejamento das viagens.

O ano de 2023 ter√° 12 feriados, sendo que 9 deles ser√£o prolongados!

Para saber mais sobre como serão os feriados de 2023, continue acompanhando esse artigo que vamos explicar tudo para vocês.

Para ajudar a leitura, confira os tópicos que vamos explicar:

  • O que √© feriado?
  • Quais as datas e que dia da semana caem os feriados em 2023?
  • O que √© feriado prolongado?
  • O que √© ponto facultativo?
  • Quais detalhes a empresa deve se atentar quanto aos feriados?

O QUE √Č FERIADO?

Feriado √© uma data comemorativa, seja por uma na√ß√£o, comunidade, religi√£o, grupo √©tnico ou classe trabalhista. Os governos podem instituir feriados em n√≠vel federal, estadual, distrital ou municipal, dependendo da extens√£o ou import√Ęncia comemorada.

Os feriados são inseridos oficialmente no calendário nacional, estadual ou municipal, por esse motivo, as empresas e os comércios não devem funcionar, mas vale lembrar que tudo tem exceção.

Existem datas móveis, como o Carnaval, que não tem data fixa, e também existem as datas fixas, como o Dia da Independência do Brasil, que se repetem todo ano e sempre são comemoradas em datas exatas.

A legisla√ß√£o pro√≠be que os colaboradores exer√ßam as fun√ß√Ķes em dias de feriado, mas existem algumas exce√ß√Ķes, como √°reas de seguran√ßa e sa√ļde.

De acordo com a Legislação Trabalhista, as regras para o trabalho no feriado continuam as mesmas previstas em lei. Ou seja, para quem está trabalhando em home office, a regra é a mesma, caso o trabalho seja mantido o empregador deve fazer a compensação por meio de folga posterior ou pagar a remuneração por aquele dia em dobro.

Existem três tipos de feriados, os nacionais, os estaduais e os municipais. Os nacionais são regulamentados e decretados pelo governo federal. Os estaduais podem ter caráter religioso ou social, com valor em todo território estadual. Os municipais, também podem ter caráter religioso ou social, e são válidos no território municipal.

QUAIS AS DATAS E QUE DIA DA SEMANA CAEM OS FERIADOS DE 2023?

O ano de 2022 teve poucos feriados prolongados. Muitas datas comemorativas caíram nos finais de semana ou no meio da semana. Mas não desanimem, 2023 será diferente, o ano terá 12 feriados, sendo que 9 deles serão prolongados.

O QUE √Č FERIADO PROLONGADO?

Os feriados que ir√£o cair na quinta-feira ou ter√ßa-feira podem ser prolongados se houver dispensa do dia seguinte ou dia anterior por parte do empres√°rio ou √≥rg√£o p√ļblico. Como j√° acontece, os √≥rg√£os p√ļblicos e escolas costumam emendar o dia seguinte.

Para isso, √© necess√°rio que o empregador d√™ folga aos trabalhadores na sexta-feira ou na segunda-feira, caso o feriado caia na ter√ßa ou na quinta-feira, possibilitando uma ‚Äúemenda‚ÄĚ do feriado.

Algumas empresas flexibilizam o trabalho quando o feriado cai nesses dias da semana, para que o colaborador tire um folga e descanse, utilizando o seu banco de horas ou compensando posteriormente a sexta e segunda-feira.

O QUE √Č PONTO FACULTATIVO?

O ponto facultativo é o decreto realizado pelos governos, que consiste em dispensar a obrigatoriedade do funcionamento de seus órgãos em dias de determinadas datas comemorativas.

Normalmente o decreto √© v√°lido para os servidores p√ļblicos, sejam eles municipais, estaduais e federais. Por√©m, as empresas privadas podem adotar essa medida.

Não há impedimentos para o trabalho em dias em que o ponto facultativo é decretado pelo governo, ou seja, o empregador não tem obrigação de liberar os funcionários da prestação de serviços e cabe a ele decidir se acata o ponto facultativo ou não.

O empregador e o colaborador também podem entrar em um comum acordo, podendo, por exemplo, ter apenas meio expediente nesse dia de trabalho.

QUAIS DETALHES A EMPRESA DEVE SE ATENTAR QUANTO AOS FERIADOS?

A empresa pode optar por pagar em dobro a remuneração do feriado trabalhado ou determinar outro dia de descanso para o trabalhador.

Caso a escolha seja realizar o pagamento em dobro, preste muita atenção quanto ao cálculo desse dia trabalhado. A hora extra em um dia comum, dá o direito de um acréscimo de 50% do valor da hora para o colaborador. Já nos feriados, os trabalhadores têm direito ao acréscimo de 100% do valor da hora. Também é possível somar essas horas extras no banco de horas.

 

Quer saber mais sobre a Easydots?

Como tornar-se um CEO de uma empresa?

Você já pensou em estar no topo da carreira corporativa? Ser o CEO (Chief Executive Officer) ou Diretor-Geral de uma empresa é o sonho de muitas pessoas que buscam uma vida profissional de sucesso. Mas o caminho para chegar ao objetivo de muitos não é tão fácil assim. As vezes ser ambicioso e focado nem sempre é o suficiente, mas também são coisas muito importantes para a receita do sucesso dar certo.

Tornar-se o CEO exige liderança, confiança e uma grande habilidade em comunicação, e ao mesmo tempo tem que inspirar e motivar os colaboradores. Essa posição dentro da empresa também necessita de disposição para adotar novas ideias, novas tecnologias e explorar com responsabilidade as oportunidades para alcançar o crescimento sustentável da empresa.

Confira o passo a passo para tornar-se um CEO:

  • Elaborar um plano de carreira;
  • Procure oportunidades de desenvolvimento de habilidades;
  • Obtenha um bom diploma;
  • Ter cuidado com a marca pessoal;
  • Comece a ganhar experi√™ncia e expanda seus conhecimentos;
  • Cultive conex√Ķes;
  • Seja ousado e n√£o tenha medo de falhar;

 

ELABORAR UM PLANO DE CARREIRA

Ter um bom plano de carreira é a base para o desenvolvimento de qualquer profissional, independente da posição dele dentro da empresa. Isso é fundamental para conseguir alcançar os objetivos que tanto busca. Um bom plano de carreira pode orientar você por toda caminhada, garantindo sempre que mantenha o foco e faça as escolhas certas.

O planejamento da carreira é a melhor forma para definir os planos de curto, médio e longo prazo. Por isso, o plano de carreira deve ser feito no começo da carreira profissional, logo quando se tem as primeiras experiências profissionais, mas lembrando sempre de atualizá-lo quando necessário.

PROCURE OPORTUNIDADES DE DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES

Se você realmente tem certeza de que quer ser o líder de uma empresa no futuro, comece a ganhar habilidades desde o principio de tudo, nem precisa ter começado uma carreira profissional, pode estar no colégio ainda. Quanto mais rápido começar a ganhar essas habilidades, mais rápido vai conseguir aprimorá-las.

No Ensino Médio existem algumas atividades que podem ser feitas para conseguir ganhar as habilidades necessárias para tornar-se um CEO no futuro, como por exemplo, envolver-se em um grêmio estudantil; juntar-se a uma equipe de debate; fazer parte de um clube de jovens empreendedores; liderar uma equipe esportiva e voluntariar-se para uma instituição de caridade ou sem fins lucrativos.

Tente sempre buscar alguma atividade que exponha você a realidade de administrar um negócio, que tenha que organizar algo ou que precise gerenciar pessoas.

OBTENHA UM BOM DIPLOMA

Ter um bom diploma √© essencial para que voc√™ seja considerado para um cargo de CEO, uma das √ļnicas exce√ß√Ķes √© se voc√™ for o fundador da empresa. Ent√£o a menos que voc√™ esteja fundando a pr√≥pria empresa, TENHA um bom diploma. Alguns grandes executivos-chefes renomados chegaram onde est√£o abandonando a educa√ß√£o formal, entrando na empresa e subindo de posi√ß√Ķes at√© chegarem onde est√£o, mas eles s√£o exce√ß√Ķes, esses casos s√£o raros.

Existem muitos estudos de pós-graduação que podem te ajudar. Muitos diretores executivos têm MBA (Master of Business Administration) ou graus avançados em economia e direito. Os estudos de nível superior podem ajudá-los com o desenvolvimento de habilidades mais aprofundadas e até mesmo ajudar a expandir sua rede de contatos nessas áreas.

TER CUIDADO COM A MARCA PESSOAL

O cuidado com a marca pessoal √© de extrema import√Ęncia quando voc√™ quer se tornar um CEO, ou seja, isso se embasa na imagem que as pessoas t√™m de voc√™. Mas cuidado, pois isso n√£o significa se tornar aquilo que voc√™ n√£o √©. Tem que manter a pr√≥pria ess√™ncia para conseguir alcan√ßar os objetivos tra√ßados. O profissional precisa adotar uma forma de vestimenta, comportamentos e de comunica√ß√£o que esteja associada a grandes executivos.

Esse cuidado com a marca pessoal √© essencial para que as pessoas vejam voc√™ como uma autoridade e algu√©m que esteja apto para o cargo mais alto da empresa. Ter uma estrat√©gia de branding pessoal √© essencial para isso, pois te ajuda a se comportar como CEO em diferentes situa√ß√Ķes.

COMECE A GANHAR EXPERIÊNCIA E EXPANDA SEUS CONHECIMENTOS

Voc√™ precisar√° come√ßar em um n√≠vel mais baixo dentro da empresa, pois a posi√ß√£o de CEO n√£o √©, obviamente, um trabalho de n√≠vel de entrada. Voc√™ nem sempre ter√° que passar por todas as posi√ß√Ķes da empresa para conseguir se tornar o Diretor-Geral, mas precisa sim entender todas as √°reas da empresa e ter o m√≠nimo de no√ß√£o de como todas funcionam para conseguir se tornar um CEO de sucesso, ou seja, nunca fique preso em uma fun√ß√£o, n√£o seja alienado dentro da empresa em que est√°.

Então é sempre importante desenvolver uma ampla gama de habilidades e conhecimentos. Um estudo de consultores administrativos constatou que toda função adicional de negócios aprendida equivalia a aproximadamente três anos a mais de experiência de trabalho.

Uma das coisas que ajudam, é pedir conselhos para os profissionais mais experientes, o que também pode demonstrar para as pessoas que você tem humildade e que sempre está preparado para aprender cada vez mais. Tudo o que você fizer, dê o seu melhor e faça para ser o melhor, pois isso aumenta as chances de promoção.

Entender como as diferen√ßas culturais afetam as fun√ß√Ķes dos neg√≥cios √© fundamental para quem quer liderar uma grande empresa. Entenda tamb√©m que ficar na mesma fun√ß√£o por mais de dois ou tr√™s anos n√£o √© a melhor maneira para se preparar para o cargo de CEO.

CULTIVE CONEX√ēES

Construir uma rede de contatos dentro e fora da empresa √© essencial para o sucesso. √Č raro as pessoas que “concorrem” ao cargo de CEO sem ser conhecido pelas pessoas de dentro da empresa ou sem ser conhecido pelas pessoas externas. Algumas organiza√ß√Ķes ainda procuram candidatos a CEOs de outras empresas ou ind√ļstrias para trazer novas perspectivas para a empresa em quest√£o, outras tendem a promover as pessoas de dentro, pois j√° conhecem como que funciona a empresa.

Por isso, se preocupe e concentre-se sempre no desenvolvimento no relacionamento com os clientes, fornecedores, influenciadores do setor, reguladores, outros CEOs e membros do conselho. Participe de tudo que a empresa lhe proporcionar, como conferências do setor. Se conecte com as pessoas e não seja superficial.

SEJA OUSADO E NÃO TENHA MEDO DE FALHAR

Sempre que enfrentar algum desafio que não tem solução prescrita, encare-o de frente e não tenha medo da falha. Demonstrar que você pode passar por cima das dificuldades e que consegue resolver os problemas, demonstra que você terá capacidade para conseguir comandar uma empresa. Mas claro, sempre seja cuidadoso, faça aquilo que está no seu alcance e que tenha convicção de que aquilo possa ser uma solução plausível, para não atrapalhar o progresso da organização.

Ao contrário do que você imagina, nem todos chegam ao topo sem tropeçar as vezes. Mas os líderes de sucesso conseguem passar por cima das dificuldades e divergências para conseguir êxito nos objetivos. As maneiras como você vai lidar com os fracassos, distinguem que tipo de líder você será. Se tratar os contratempos como oportunidades para se adaptar e crescer, poderá mostrar seu potencial executivo.

CONCLUSÃO

Para conseguir se tornar um CEO de uma empresa e ter sucesso, você precisará então elaborar um plano de carreira e seguir ele a risca, mas sempre se adaptando as adversidades. Sempre procurar as oportunidades para desenvolver as habilidades necessárias também é um fator muito importante, mesmo que você ainda esteja no ensino médio, pois o quanto antes você aprender, mais irá se aprimorar.

Um bom diploma também é importantíssimo para se tornar um CEO, ter um MBA ou graus avançados de conhecimento em economia e direito vão te ajudar a se tornar um grande líder. Ter cuidado com a marca pessoal também é fundamental para o desenvolvimento profissional, o profissional precisa adotar uma forma de vestimenta, comportamentos e de comunicação que esteja associada a grandes executivos.

Tudo o que você fizer, dê o seu melhor e faça para ser o melhor, pois isso aumenta as chances de promoção. Participe de tudo que a empresa lhe proporcionar. Se conecte com as pessoas e não seja superficial.

Quer saber mais sobre o Easydots?